sábado, junho 13, 2009

Canja de Galinha

Em tempos de paz,
com medo da guerra,
me armo até os dentes.
Pois não sei quando o inimigo
pode esquecer que somos
países amigos
e enfiar-me uma bala de repente.

3 comentários:

Cosmunicando disse...

prudência e canja não faz mal a ninguém né...

A czarina das quinquilharias disse...

prudencia, prudencia :)
disse tudo

Múcio L Góes disse...

sempre é bom um pé atrás, ante o atroz.

=]