terça-feira, outubro 13, 2009

escalei agruras e alegrias
algumas

bolhas, ofegante, coração cansado
um passado, juventude ida

no ápice, Honoré já me aguardava
abriu-me a porta ao declive.

outros três decênios descerei
pelo menos

de cara pronta


Na crise dos 30. Completados hoje.
Há outras expressões desta crise espalhadas pelo Metade e Pedaço.


6 comentários:

A czarina das quinquilharias disse...

Parabéns! Pela data e pelo poema! ;)

J.F. de Souza disse...

Seja feliz, linda! Sem atrelar a felicidade a esses números... ;)

Excelente escrito! =)

=*

moacircaetano disse...

Agora sim, começa o terço mais divertido da vida!
Parabéns!!!!!!!!!

Aline disse...

única!

um dia ainda te dou um abraço.


=*

Í.ta** disse...

lindo, lindo, lindo!

Sandra Regina de Souza disse...

O bom é poder mostrar a cara!! Parabéns!