sábado, junho 05, 2010

Herança

Sempre querem o melhor de mim...
Mas o melhor
é que eu seja assim!

Sempre querem o primeiro pedaço,
a cereja do bolo,
o meu supra-sumo.
Enquanto esqueço de todos
e sigo meu rumo.

E o que é mais engraçado:
sempre o que lhes fascina
é o que lhes parece errado.

Então essa estranha dança:
pra que me amem, tenho que
roubar-lhes a esperança.

3 comentários:

Anna Flávia disse...

Muito bom! :)

Lubi disse...

e eu acho que é assim mesmo, sempre.

Naná disse...

Acontece com todos.

:)