sexta-feira, julho 09, 2010

me gusta Gusta

Gustavo me diz que
a tempestade passou

la realidad son ruinas.

mas tão rápido acostumei-me em
casaco & cobertores
dentro de mim

aconchegar-me

e permanecer

diferente do que deveria

deveria ser
uma fuga
com botas pesadas

pisar o que
desmoronou
pela água e pelo vento:

passado.

(é março
e difícil viver
alheia às expectativas)

corro pelas ruas
segurando forte em suas mãos

só minha mente vai

enquanto dou corda no despertador
para tudo terminar e logo

fingindo voltar
ao tempo

bom do nosso sentimento.

Um comentário:

Naná disse...

Adoro os poemas da Lubi *.*