quarta-feira, agosto 25, 2010

Chamam-me gatuno:
pego um coração
levo ao templo de Netuno
e volto com um arpão.

E o carrego por aqui e acolá
até a próxima contravenção.

(Luiz Guilherme Amaral)


3 comentários:

moacircaetano disse...

hehe!
muito bom!

Sandra Regina de Souza disse...

miau!.. (isso não é uma cantada...rsrs.. é que não sei assoviar!)
beijo

J.F. de Souza disse...

MUITO BOM, meu caro!

1[]!