quarta-feira, agosto 18, 2010

Quem disse que é preciso um recomeço?
Precisamos mesmo é continuar o que já está
E corrigir o que está errado

Recomeçar é renascer
E eu não tenho mais tempo de ser novamente

Precisamos corrigir, não refazer

Aguentaria as manhãs na terceira série novamente?
Suportaria esquecer o frio na barriga de um primeiro beijo?
(E se tê-lo novamente não for do mesmo jeito da primeira vez?)

Não renasço. Não recomeço. Eu corrijo.

Errar é um presente.

(Luiz Guilherme Amaral)



5 comentários:

Aline disse...

maravilhoso.

A czarina das quinquilharias disse...

sensato.

Maria Ana disse...

errar é uma dádiva para aqueles que com o erro se aconselham...

J.F. de Souza disse...

Mas se acaba tendo de voltar pra trás pra corrigir. Do mesmo jeito. Perde-se tempo do mesmo jeito.

Precisamos é seguir em frente. Seja do jeito certo ou do jeito errado.

E não se pode perder tempo.

Às vezes, nem tempo pra corrigir sobra.

Marina disse...

acho que eu não queria as manhãs na terceira série de volta :P

adorei, luiz.