quarta-feira, julho 13, 2011

Marina Rabelo

~ 5 anos do B7C: 5 poemas ~


vi uma antiga história de amor
atravessar a rua

eu continuei meu caminho
de pedras e beijos adormecidos




jam session

deixo o som
do teu soul
me tocar
jazzliricamente

sôo azul
como um blues




revolto

preciso do caos
da desordem dos sentimentos
de um soco no estômago
seguido de um beijo
um lamber de feridas
para amaciar a dor
preciso da confusão
de ser o que for




etéreo

cobri-me de rosas
colibri-me




Não limpe os pés antes de entrar

eu vi num blog por aí:
"seja bem-vindo, mas limpe os pés antes de entrar"...


Não limpe os pés antes de entrar

Entre com a lama, a grama, a poeira
e a areia do mar.

Entre com o barulho das ruas, do samba
e dos versos do poeta de mesa de bar.

Entre com o cheiro do asfalto, do ônibus lotado
e do pastel de carne com suco de maracujá.

A porta está aberta,
pode entrar:Eu quero minha alma suja
e feliz.


Marina Rabelo - Versos deLírios


{Obrigada a todos! Encerro aqui minha participação.}


5 comentários:

Lubi disse...

bonita participação.

obrigada sempre pelas ideias e disposição.

Leandro Jardim disse...

Ê, muito bom, realmente bela participação!

beiJardins

Alexandre Beanes disse...

encerra essa participação. aqui você é das donas da casa. lindos poemas.

bjs

A czarina das quinquilharias disse...

que saudades de ler você, mari!

Sandra Regina de Souza disse...

Marina de MAR
Da poesia delirante
Versos que destilo
no seu estilo mais brando
AMO! Saudade de ti! bjo