quinta-feira, julho 17, 2008

construção

era
um canteiro de obras-
primas,

havia bem mais
que flores:

lá via-se
versos diversos
e rimas.

7 comentários:

Anônimo disse...

nós!
em enternas construções e descontruções.


amo-te.


alhi

VaneideDelmiro disse...

Bela construção, Múcio!

moacircaetano disse...

De construção em construção, desconstruiu-se!
Ainda bem!

A czarina das quinquilharias disse...

lindo plantio

Alex Pinheiro disse...

Demoro a ver beleza nas flores,,, quero doses de sensibilidade! rs

Abraços e observadas invenções!

Sabrina disse...

preciso falar?

J.F. de Souza disse...

E viva a poesia
que edifica a alma nossa