terça-feira, fevereiro 10, 2009

Explícita ação poética

As palavras me acordam
excitadas pílulas
querem sair do corpo imóvel
e brilhar num papel aos pedaços...
As sílabas caem das mãos
como lágrimas caladas
escorregam pelos vãos...
Os fonemas expelem os silêncios
que se impõem entre nós
As letras explodem:
vazias
e sós

3 comentários:

Mariah disse...

tem dias em que as palavras acordam comigo. tem dias que tenho a sensação de que acordei...e elas continuaram dormindo.
tenho andado assim ultimamente.
alguém tem uma sugestão de estimulante para palavras?

Mary disse...

um ritual poético!

:*

andre gabriel disse...

oi, mais uma vez por aqui, a seguir tuas palavras. beijos