segunda-feira, junho 12, 2006

Abram alas

Abram alas
E deixem-me
Anunciar
A nova prosa poética
Que acaba de chegar!


Vem do Rio,
Vem do Pará,
E por ritmos
Vai se apaixonar.


E a viagem continua...


Em Alagoas a prosa vai viciar,
Quando no DF encontrar
Todas as sete vidas
Que o seu amor necessitar.


E eis que salta
Prum vôo desconhecido
E complexo...
Cheio de quês e porquês
Para em Minas se estabelecer.


E perdida num vôo de sete versos
A Prosa se apaixona
Sete vezes mais
Quando em seu caminho
Cruzar delicados lírios de Natal,
e perfumar suspiros


E perfumada
Voa,
Encanta e embala
Quando por fim...
Em Goiás repousa.



Participação especial do Jardim.

8 comentários:

Leandro Jardim disse...

Bela decolagem presse nosso Vôo!
São 7 para o alto, e avante!

Que continue assim, com cada escala ainda melhor que a outra.
(obs: eu não mereço esse crédito ;P)
:*

moacircaetano disse...

Sete dias por semana para deleitar-nos em poesia!
e, Aline!!!!!!!!!!!

Nanna disse...

[eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee!!!]

Ficou liiiiiiindo, querida!!! Que homenagem bela a todos nós... Brigada, viu?

Monte de beijinhos pra vc!!!
:))

pedro pan disse...

, abrão alas. cada dia, um após o outro.

|abraços meus|

Múcio Góes disse...

Ah Line... que viagem fantástica... me senti
numa nave deslizando,
entre prosa e versos...

Belo.
Vida longa ao nosso blog!

:*

Mary disse...

Lindo, Aline!

Adorei! ;***

da gaveta disse...

vida longa ao blog de vocês.

gostei da idéia.

parabéns.

clarice disse...

Bela poesia. Sucesso garantido este blog. bjs