terça-feira, junho 05, 2007

como querer Graciliar

ora rimos
entre ramos,
fazemos graça,
“Graciliamos”.
ora rimos
rumo afora,
não raro
rimamos,
como agora,
há vezes, somos,
oceanos
de enganos,
e quando mais
com mais
somamos,
então amamos
e não amenos,
insanos somos
e assim seremos,
por muitos anos
existiremos.


Com as devidas desculpas pelo atraso, e os merecidos parabéns!


9 comentários:

Leandro Jardim disse...

Alegria, Múcio, beleza de homenagem!!!

Fabio Ciccone disse...

Muito interessantes as construções dos versos.

Nanna. disse...

Uhhhhuuuuuuuuuuuu

Eh nois na fita!!!

:))))))))))))))

Remo Saraiva disse...

Putz!!!
Poemaço-aço-aço, Múcio!!!
Carambolas de tão sensacional!!!
Parabéns e vida longa aos sete!!!

Abs,
REMO.

Mary disse...

Espero que pelo menos por mais 1 ano! :P

Lindo como sempre! Você...

;***

Lisardo Lopes Gonzalez disse...

Grande descoberta, foi conhecer tua poesia.

Jefferson de Souza disse...

¡¡¡PERFECTO!!!

Jefferson de Souza disse...

E parabéns pra ti, mr Mucius! Pq vc é FUEDA!!!
E parabéns pra mim! Pq só pude aprimorar mais e mais meus escritos tendo contato com uma cabeça como a tua!
E parabéns pra nós todos! Por muitos anos existiremos!

Aline Borges disse...

Arrasa!

Como sempre, palavras perfeitas e a cada dia mais e mais.

Beijo.