quarta-feira, junho 13, 2007

Leandro:

sementinhas dominicais
que realçam as semanas,
letrinhas sortidas
que disseminam alegrias,
ele é o fantástico jardim
dos escritos-e-encantos...

Aline:

pura e simplesmente,
nem percebe o quanto
expressa,
nem nega o quanto
sente.
esse é o seu veemente
jeito de ser...

Múcio:

poeta-mor de amores,
suas palavras são
a cor-dos-sabores...
ele é natureza imortal,
bela-arte tão exposta,
é o tudo de mais sublime
que lá dentro nos toca...

Jefferson:

sempre com pressa
nos sossega com razão,
nos afaga piamente.
ele é assim,
sempre um devaneio
pelo meio da gente...

Mary:

seus versos
em delírios
nos deixam
do avesso,
como tropeços
de sentimentos
à cor-das-peles.

Moacir:

de um prazer certeiro,
é paixão em sentidos,
é emoção entre versos.
ele é toda essa conversa
entre os nossos desejos...

7 comentários:

Jefferson de Souza disse...

Esses mini-poemas são beleza pura, Nanna!!! =D

Bjão, lindona!!! =*

Leandro Jardim disse...

É nós na fita!!! Dá-lhe poesia! Dá-lhe Nanna!!! Parabéns a nosotros!!!! Adorei!


beiJardins

moacircaetano disse...

que lindo!!!!!!!!!!!

Keila Sgobi disse...

Gente, como o tempo passa...
Acho que estou ficando velha...

Aline Borges disse...

[eeeeeeeeeeeeeeee]
ó
eu amo mais :D

Bill disse...

Uia (=
1 ano... Que maravilha...
Que seja o primeiros de muitos outros (=

Felicidade, saúde e poesia (=

Mary disse...

Lindo, Nanna! Adorei! :)

;***