quinta-feira, dezembro 27, 2007

missa do galo

sai o cálice de ouro,
entra o copo americano,

troquemos o vinho tinto
por gotas de sangue iraquiano.

3 comentários:

Alex Pinheiro disse...

E tome mais
, mais e mais
in memorian
engordando a estatística
do capital
sem estilo...

Inda que acreditamos na palavra doce e cortante da vida feita poesia,,, E acreditamos mesmo!

Felicidades no ano que se anuncia envelhecendo a humanidade!!!

Abraços e sociais invenções!

moacircaetano disse...

uau!

forte, suscinto, nervoso!

(um travo na garganta)...

Keila Sgobi disse...

é por aqui que devemos ficar