domingo, dezembro 02, 2007

Surdo

Não ouço nada

Vejo o movimento
sempre frenético
das pessoas
e suas ações
Povos agitados
andando
correndo
pra lá
e
pra cá
sobrevivendo
Carros
aos montes
nas ruas
Filas,
muitas filas
em qualquer lugar
que houvesse
quem quisesse entrar
ou sair
Multidões amontoadas
no ônibus
ou no show daquela banda pop
Crianças correndo no parque
e a nìtida expressão de
alegria
em seus rostos
Pessoas brigando
no meio da rua
e a expressão de ira
em seus olhares

Mas
--engraçado--
não ouço nada

Não mais

Insensível?




Aê, galera! Notaram alguma mudança?

Poisé, mudamos a ordem das cabeças!

Agora, J.F. de Souza escreve aos domingos!
Leandro Jardim passa a escrever toda terça-feira!
E Múcio Góes se manifesta por aqui às quintas!

É isso aê! Abraços!

4 comentários:

Erika disse...

eu leio todos, todos os dias...

sensível?

chego até a ouvir.

beijo

www.oncoto.erikamurari.com.br

Marcos Côrtes disse...

Apatia... Notável, apatia...
Mas que bom, que pelo menos esta, podemos sentir. Romantismo.

Leandro Jardim disse...

Pelo visto tens sensiblidade, sim, meu caro!

Bem-vindo ao domingo!

abs
Jadineiro-o-o

A czarina das quinquilharias disse...

e viva a dança das cadeiras no blog de 7! :*