segunda-feira, março 15, 2010

a educação física de j.g.

o meu mundo é newtoniano
vai até onde minha vista alcança
uma sala fechada
é como morar num meteorito
a cabeça já quase rasgando
a gaze da atmosfera

vamos perder as rédeas, as estribeiras
dane-se, vamos perder mesmo os cavalos
e mover a carroça com a força bruta do entusiasmo

me dê um ombro de apoio
e eu poderia mover o mundo.

8 comentários:

.jota disse...

meu mundo newtoniano é mais feliz com poesia assim.

Cosmunicando disse...

super! o final é incrível :)

J. disse...

Lindo!

J.F. de Souza disse...

UAU! :')

Gil disse...

Tremenda, Nat.
Vc é a melhor.
Beijo !

moacircaetano disse...

czariana!

José Rosa (ZeRo S/A) disse...

Apoio é fundamental...

Elaine Lemos disse...

Você vê mais longe, Czá! ;)