segunda-feira, maio 24, 2010

Eu não moro na ficção

Nem ela mora em mim

Eu sinto onde meus pés tocam o chão

Calo por entre as pessoas que passo

Como se tivesse esquecido como se fala

Ou tivesse a boca cheia de areia

Porque as pessoas não vêem fantasmas

Existe um lugar pra mim no mundo

Quisera eu saber onde é

3 comentários:

meuparedro disse...

Curitiba,
comendo pinhão com a gente ?
Saudades da nat.
Beijo.

moacircaetano disse...

Existem ainda lugares no mundo?

J.F. de Souza disse...

oásis
--------------------------
caí de boca
na areia quente do deserto

finalmente...
--------------------------

=)

=*