quarta-feira, julho 26, 2006

Tempo

perco-me no tempo
ao ponto do encontro
entre o espaço e o vento
feito o futuro com passado
no descompasso do presente.

8 comentários:

Fejones disse...

O Tempo é doido...
E endoidece a gente...
Passado e Futuro
só se encontram em nossa mente
doente...
Esse tufão
é só na nossa imaginação...
Ou não?
O Tempo é doido
ou
eu
sou?

Mary disse...

E o tempo voou...


=**

Múcio Góes disse...

o tempo é senhor impiedoso que atravessa a rua sem olhar pros lados.

bjo.
amo.

Bill disse...

Perco-me nos versos
Dispersos a rodopiar
Na brisa branda da tarde
Na hora de te encontrar.

Tempo que não me da tempo, nem de ver o tempo passar...

Passa...Passa...

^^ adorei
:***********

moacir caetano disse...

ah, o tempo...

Leandro Jardim disse...

e a gente segue,
cada passo do presente
meio entregue
ao constante descompasso

muito bom Nanna!
bjs

Aline disse...

E o tempo sempre a nos interrogar.

:**

Clarice disse...

dê tempo ao tempo
avoe espaços
entre ventos
de tempo em tempo

beijos Nanna