domingo, março 04, 2007

No Dia Em Que Aprendi A Usar As Maiúsculas (trechos)

"A necessária simplicidade havia lhe custado tudo o que tinha. Não os olhos da cara, mas o vermelho do sangue. Se sentiu um pouco tonta, talvez anêmica, mas só por que era dada a dramas. Então voltou ao doutor para perguntar se tinha recebido o tipo certo de ser simples. Será que existiria simplicidade A, B positiva ou negativa? A dela, a tanto custo, tinha que ser universal."

"Sem tempo para chorar ou pedir socorro, ela se divertia dando a cara a tapa e revidando com sorrisos. Assim passavam as horas, as dúvidas até o próximo abraço. Era melhor que fosse assim, era tão otimista que agradecia sempre mesmo antes de ter, porque sabia que só de ter amado ao menos uma vez, era daquelas raras pessoas que merecem ser escolhidas na hora do pique."

Berlim.T

^^^^^^
..perto do mar aqui do rio e através da marla conheci, berlimdamente, tati (bitati), berlim.. dias incríveis, noites mais, sorrisos, momentos momentos, momentos ainda, por vir, outras pessoas, mais.. coisa de menina.. coisa.. de moça moleca cheia força, de dois pontos, clamações atuais e exclamações. Conclusões? tirem as suas, eu: adoro!
http://www.fotolog.com/berlim_t/

7 comentários:

Múcio Góes disse...

Me lembrou Macabéa... adorei o estilo, ótimo texto. Estou indo lá! :)

Parabéns aos dois!

[]´s

fabio jardim disse...

parece que vou passar a gostar também.

mary disse...

Adorei também!

Belo início de Semana... :)

Bjuss

Césped Vesper disse...

Estilo peculiar e belo!

Augusto Sapienza disse...

Muito bom, muito bom!
Não lia algo desse estilo tão agradável faz um tempo...

Sds,
Augusto Sapienza

Marla de Queiroz disse...

Me lembra tanto " A Hora da Estrela" da Clarice...
Ah, essa Tatiana...Dá trabalho mas vale a pena investir porque tem futuro!
rsrsrsrsr...
Amo demais.

Aline disse...

Verve!

Muito bom.

Bjos pros dois :)