quinta-feira, março 08, 2007

Tempestade dos Tempos

por Andressa Pacheco


Lágrimas são salgadas
Ilusões são doces
Misturam-se com outros sabores
E confundem o paladar.

Não é possível cultivar Rosas em jardins secretos
O sol chega e as sombras que surgem
Revelam o caminho.

A Tempestade dos Tempos
Chegou doce e salgada
E foi acariciar a Rosa sedenta
E desidratada
Devorada por formigas faminta
Que sobejam sonhos doces.

A Tempestade dos Tempos
Chega de tempos em tempos
Como a música surda
Para animar os ouvidos mudos
Da Rosa murcha

Luar súbito atinge a flor
Que sangra remota e ramifica sua dor
O Sol e a Lua personificam um enlace
E a Rosa pisoteada brota da noite e renasce.

Sobrevoa o jardim secreto
Um bando álacre de pássaros
Nem mesmo o canto estridente
É capaz de perturbar a maldita Rosa
Que se faz de santa
E brinca de Bela Adormecida.

-A espera é amarga!
Alude o sol desgovernado e perdido
Que continua a iluminar os sonhos escuros
Da Rosa acalentada
"Ainda que tarde o seu despertar"



Ah... Gosto do estilo desta moça... Andresasa Pacheco é uma das escritoras-de-blog com a qual tenho contato há um bom tempo. Seus escritos possuem força --uma força descomunal--, mas não deixam de ser belos. Este que ela me passou é um dos que mais gostei quando li. Ela escreve mais em prosa, mas me presenteou com este poema.

Eu tenho o prazer de compartilhar este presente com vocês, leitores! =)

E pra conhecerem mais dos escritos dessa menina, visitem:

http://estatuadelafuente.blogspot.com
http://o-deposito.blogspot.com

(Os blogs dela têm umas frescuras de tela, eu sei, e nem todo mundo gosta disso... Eu mesmo já enjoei de pedia a ela pra tirá-las... Mas, o conteúdo escrito vale a vistação!) =)

7 comentários:

-=|Åñð®ë§§ä|=- - disse...

Fejoneeeeeeeeeeeeeeeeeeeeees!!!
q preconteito é esse com as minhas frescuras de tela??? uahauahaa
Acho que uma estrelinhas, gifs bonitinhos e umas outras frescuras não fazem mal a ninguém...
rsrs :)
Olha, brigada por tudo viu??
Vc é um amigo blogueiro especial, esses dois anos e alguma coisa q nos conhecemos me ajudaram a "amadurecer" em vários sentidos, principalmente por causa das nossas conversas. Tenho grande admiração tb pelos seus textos, é uma pessoa criativa, enfim...
Te adoro muitãooooooo!
bjssssss:**********

Mary disse...

Perfumado!
Belo poema! :)

Beijos aos dois!

Múcio Góes disse...

belo poema, belo.


bela escolha, Fejones!

[]´s

fabio jardim disse...

ótimas experiências/sinestesias.

Sandra Regina de Souza disse...

Que poema delicado... perfumado... gostoso de ler... muito bom conhecer esses versos!!... Valeu Fejones... E parabéns pra moça!

Aline disse...

Belas e delicadas palavras.

Bjos pros poetas :)

Leandro Jardim disse...

"Sobrevoa o jardim secreto
Um bando álacre de pássaros
Nem mesmo o canto estridente
É capaz de perturbar a maldita Rosa
Que se faz de santa
E brinca de Bela Adormecida."

muito bacana!!!!
bela convidada!