sexta-feira, outubro 26, 2007

Fio de esperança*

De repente
parece
que posso voar...
Estou suspenso no ar
Mas há um fio que me mantém
Um fino fio
Um fio de esperança
que ninguém vê
E é esse fio
que me fará chegar
até onde quero
Até você

2 comentários:

Erika disse...

fino e invisível como a teia.

beijo

Leandro Jardim disse...

Quem voa assim é porque onde aterrisar
um belo pensamento

abs
Jardim