terça-feira, outubro 30, 2007

eco

quando você
não está,
o meu silêncio
fala mais alto,
quando você
faz falta,
eu falto.

6 comentários:

Erika disse...

um grito.. ito.. itoo.itto.. itoo

beijo

(l' excessive) disse...

Pra variar, lindo, lindo!
Um beijão procê

Sandra Regina de Souza disse...

Quando você fala,
eu calo.
e o poema vibra.
aqui dentro vc sempre falta.
beijos

Ch disse...

Leio um poema trazido na ponta dos dedos.
Com todo o cuidado das coisas que se completam.
Bravo, Múcio.
Abraço do
Carlos

moacircaetano disse...

fogo-fátuo!

Leandro Jardim disse...

Há craques que também fazem falta!

hehe

abs
Jardineiros-os-os