sábado, novembro 10, 2007

Urgência

Minha mão ensandecida
parte em busca subitamente
do que brota (oh, semente)
de tua mente pervertida
e do meu falo incandescente...

3 comentários:

Múcio L Góes disse...

este falo de que falas, grita qd cala.

[]´s

Mary disse...

oh, mente! melhor não pensar em nada! hahaha :P

beijos :**

Leandro Jardim disse...

Uopa!
E não é que ferve a poesia boa de Moa!!!

abs
Jardim