sexta-feira, novembro 27, 2009

Acontece que

Eu te levaria para dar a volta ao mundo,
Eu te despiria
E te levaria para a minha cama,
Eu teria contigo todos os sonhos, inclusive os proibidos,
Faria todas as tuas vontades, principalmente as inconfessáveis...

Acontece que a tua alma é pura como uma borboleta.


Hoje, última sexta-feira do mês, estou encerrando minha participação (especial, espero) no blog. Agradeço a simpática acolhida! Continuo acompanhando vocês e escrevendo aqui.

10 comentários:

Mary disse...

Lindo, Eduardo! Doce! :)

Este mês tivemos participações mais do que especiais! Adorei!

Beijos

Bárbara disse...

Simplesmente amei *-*
Sem palavras...
Todas já foram ditas!
Beijos!

A czarina das quinquilharias disse...

ah, a inocência.
linda participação eduardo!
bjs

Nydia Bonetti disse...

Achei lindo isso...

Yara Beatrice Jasmin Nin Poulain Black Mamba disse...

Eu te levo, presente e indicativo.

J.F. de Souza disse...

pois que
a leve
brisa
me leve
junto

moacircaetano disse...

Maravilhoso esse.
Fechando com chave de ouro!

Múcio L Góes disse...

acontece que tua poesia vai deixar saudades.

vlw, Edu!

=]

Ariane Rodrigues disse...

Putz, Edu! Tua poesia é sempre encantadora! Um abraço da admiradora!

Aline disse...

E eu leria vc todos os dias.

Adoramos t(l)ê-lo por aqui.

=**