quarta-feira, novembro 04, 2009

CARTA DE DESEJO PARA DESTINATÁRIO DISTANTE

Não olha
Como quem não quer
Receber cartas de amor.
Sei que a mão
Que a escreve
Seria de melhor valia
A passear pelo teu colo
E posicionar o teu seio
Para o pseudo-alimento.

Recolhe cada frase
Num canto do pensamento
Guiando-a ao lamber de línguas
Que tinha obsessão de mim,
E era tão bom...
Não sei se por exibição
Ou covardia
(No bom sentido),
Mas muito bom.

Confirme o verso
Que te bolina o sexo
E a força a pensar em mim.
Mande mais lembranças
Por linhas tortas
Que me cambaleiam a perna...
Que torna a curva, reta.
Ereta sensação de desejo.
De beijo.

Mande logo pelo correio
Esse rumo-remetente
Para tornar o dia mais curto,
Impertinente
Que te molha a coxa e o lábio
Que te rouba o frio
E a ausência da lua...

Amor...
Pelo amor do Santo Homem...
Remeta uma enxurrada de vontade
Na tinta da caneta
Que escreve a carta.
Remeta teu cheiro
E teu gosto,
Povoa cada letra,
Cada palavra, cada frase
Com a imagem do seu gozo.

Vem...Adivinha.
Alivia em cada gesto,
Desenha no fim um coração.
Deixa que vou povoar
O caminho em minha mente.
Não há maior desejo que o de ti.
Não há maior vontade,
Nem na exaustão.


-----------------------------------------------------------

A convite de Aline eis eu aqui de novo. Substituindo-a por um curto período. Honrado e feliz por estar entre as sete cabeças, os milhares de versos e os muitos, muitos mesmo corações. Obrigado.

P.S.: Fica Marina!

8 comentários:

moacircaetano disse...

belíssima sua estréia!
benvindo!

Sandra Regina de Souza disse...

Quem me dera receber uma carta dessa!!!! AMEI!
Bem-vindo, meu querido! Feliz em ter vc entre nós! bj

quandoseprosapoesia disse...

Que a carta chegue logo.

Grande Buja!!!

Abração, man.

[...]

Ah, volta Marina!!!

;-)

Mary disse...

Hum, que delícia de carta!

Lembrei do poema "Cor-respondência" da Elisa Lucinda. :)

Muito bom!

Bem-vindo, Beanes!

E valeu pelo P.S., coisa de Aline pra me deixar sem graça... :$

A czarina das quinquilharias disse...

boas vindas beanes!
lindo poema :)

Alexandre Beanes disse...

Obrigado pelo carinho de vocês.

P.S.: Mary, nem foi coisa da Aline...é sincero o pedido. rs.

Mary disse...

sim, sim! eu quis dizer que foi coisa de Aline a invenção dessa semana! ;)

Aline disse...

Beanes, meu poeta favorito.

Lindo ter você aqui.

Beijo.