segunda-feira, novembro 30, 2009

sinistro

E se eu ficasse deitada o dia inteiro e o sangue fosse todo
Para o lado direito do cérebro
E se eu acordasse com a cabeça pesada
Com a cabeça pensada
Para desentender o lógico
E se eu começasse a tentar
Abrir porta com presilha
Lamber lâmpada acesa
Ler de trás pra frente “a princesa e a ervilha”?
E se eu perdesse o controle
em um passado remoto
em um futuro recente
e se eu vivesse minha vida
só de corpo
presente?

4 comentários:

.jota disse...

taí uma boa idéia, já li de ponta cabeça, mas de trás pra frente preciso experimentar. quem sabe em um futuro remoto.

moacircaetano disse...

E se você não existisse? Essas poesias geniais seriam esvritas?

J.F. de Souza disse...

"e se eu vivesse minha vida
só de corpo
presente?"

Essa pergunta me perturba. Demais. =/


=*

Aline disse...

arrasa, preta.

adorei.