sábado, janeiro 02, 2010

ano novo, mais poesia...

de: Keila S B (http://sobrecaminhosepedras.blogspot.com)
para: Gisele Atriz (http://inventandoagentesai.blogspot.com)

Minha amiga secreta não se oculta nas palavras! Ela vai lá e faz de sua página as de sua vida!!! Ela corre, roda, grita, geme, chora e acredita! É a menina Atriz!!!! :D
Gisele, lendo seu blog a sensação que tive foi a de encontro. Tantos sentimentos e vivências compartilhadas! Daí, nasceu...

encontro

enquantos que esperam e acontecem
encantos que aguardamos toda vida
momentos nos alegram ou entristecem
pelos cantos gememos e choramos sem medida

se nesta vida o que nos acontece
anima o bem e o mal, cuida ou faz ferida
encontrar é verbo que nos enriquece
pois une, junta, conflui, aglomera
e vai contra, combate, briga, liquida

ficamos nestes encontros, reclamando a falta de sorte
agradecidos, felizes, pelo encaixe inesperado
dele, nada adianta esperar, medir, profetizar:
ele se faz de-nós, com-nós, prá-nós
enroscado no que somos ou não
sendo nosso ser-com-este-mundão.


de: Gisele Atriz (http://inventandoagentesai.blogspot.com)
para: Marcos Côrtes (http://poetaalgum.blogspot.com)

Bem, meu amigo pediu algo pequeno....e como percebi que ele escreve muuuuuito bem e com temas altamente complexos, estou com medo(confesso) de desaponta-lo com minha simples poesia simples... Mas, ele não ficará sem presente. Eis o poema:

VIAGEM

O tempo costuma chegar depressa
Sem sossego ele se achega
Privando algo mais belo
Ao menos singelo
Contornando fases
Desvendando mistérios
Escavando saudades
Envolvendo cidades
Pessoas, casas e almas.

Arrume suas malas
Vou aí abraçar você
A viagem começou
Encantada em conhecer.


de: Marcos Côrtes (http://poetaalgum.blogspot.com)
para: Sandra Regina (http://feitaemversos.blogspot.com)

Dona

Dona,
quer ser poesia quando crescer:
Mas sabe o belo que foi,
mal sabe o belo que é.

Para quê ser poesia,
se seu corpo e sua alma,
fazem dela poetisa:
é tão mais divertido assim!

Dona,
é Dona de si.
Viaja nada inocente,
neste mundo de poesias.
Canta suas rimas,
Toca seu corpo.
E do despedaçado,
fez um eco-cardio-drama.

Dona,
cheia de prosas e fetiches
Saiba o belo que é.
Dona de si, feita em versos.
E de corpo e alma,
és Dona Poetisa.


de: Sandra Regina (http://feitaemversos.blogspot.com)
para: Renata Aragão (http://docedelira.blogspot.com)

Ai, gente... vocês hão de entender o que aconteceu comigo: Em pleno período de entressafra poética, um amigo poético pra inspirar... e eis que minha sorte veio bem a calhar...rs.. me trouxe essa doçura de lira... um amor de menina.. que rima com suavidade e delicadeza... e oferece aos leitores seus versos de sobremesa... Adorei saborear as delícias do seu blog! Adorei ter tirado você: Renata Aragão! Aí vai meu singelo poema, de todo coração!

Surpresa de Natal

De (in)certo juiz

Vem a sentença:

“Nasce aqui e arrebenta!”

Ela de pronto

Assim quis:

E veio brilhando

Em versos doces

E pertinentes

Hoje, admito

Conhecer seu blog

Foi meu melhor presente!

(Só espero que me desculpe pelo presente tão simples.... é que fiquei tão encantada que quase emudeci!)


8 comentários:

Atriz disse...

Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh que maraviiiiiiilhaaaaaaa!!!!

meu presente finalmente chegoooouuu!!!!

ai, gente, diz ae, é fofoooo meu presente!
Obrigada, Keila!!!! ammmmeeeeiiii!!!

to tao feliz que to colocando muuuuitas vogaaais!!! rsrsrs

Keila, sua sensação ta meio certa: há desencontros também, mas isso nao importa, o que importa é que pra vc, apareceu encontros, sinal de que a minha vida é um palco constante!

beijo grande da presenteada feliz: Gisele

moacircaetano disse...

Ôooouuunnnn!!!!!!!
Tangto presente lindo!
Quero o meeeeeuuuuu!!!!!!!!

J.R. Lima disse...

Que legal! gente, coisas lindas mesmo.

Agora, acho que a Renata deve estar mais tranquila, também! Ô, menina ansiosa!

O meu que ainda não saiu... snif...

Abraços!

J.F. de Souza disse...

Eita, que eu gostei demais desses presentes que Keila e Gisele "fizeram"!

Também gostei do de Marcos Côrtes e do da Sandra qrida, sim...

Mas, não sei por quê, gostei DEMAIS dos escritos das duas lá...

Até pq eu tava com saudade de ler algo da Keila...

E... Tá vendo, Atriz? Sabia que ficaria bom! Tenho certeza que teu amigo vai gostar! =)

Aum Novo Ano Feliz pra todos v6!

Até+!

Renata de Aragão Lopes disse...

Ebaaaaaaaaaaaaaa!
Até que enfim,
ganhei meu presente! : )

Sandra Regina,
muito grata
pela dedicatória tão carinhosa
e pelos versos tão doces!
"Nasce aqui e arrebenta!"
SIMPLESMENTE AMEI!!!

O curioso
é que você
ainda tem o nome
de uma amiga distante
que marcou minha vida...
Foi uma Sandra Regina
que me estimulou,
há alguns anos,
ao ler um de meus poemas,
a participar
de concursos literários
- exatamente
como tudo começou!
Confesso que,
inclusive por isso,
fiquei emocionada...

Um grande abraço a todos
e muito obrigada
ao J.F. de Souza
pelo convite!

Permanecerei por aqui
até que todos os presentes
sejam entregues.
Quem tirei
ainda não teve
a oportunidade
de ler a poesia.

Beijos!

Marcos Côrtes disse...

Olá a todos...

Primeiro queria dar um abraço na minha amiga secreta! Infelizmente não fiz uma descrição pq não achava que era preciso. Mas vou dar uma palhinha de como decidi meu presente...
Ela está a pouco tempo no b7c e desde sempre me mostrou ser uma mulher que sabe o que quer, "dona de si". Ela não precisa de "meninos", nem que decidam para ela o que ela precisa. Ela escolhe o que quer e o que precisa dos outros.

Suas poesias são diretas, a metáfora é direta. Não quero dizer que são simples, são bem complexas. Mas elas estão ali dizendo o que deveriam dizer, não tentam esconder nada. Adorei isto ;)

Sexo, amor e ego, parece que estão todos juntos e em harmonia em sua poesia. E foi isto que tentei traduzir no meu presente. Achei também um disparate querer ser poesia. Poesia é uma coisa só, poetisas são um infinito de coisas, sós ;)

Espero que goste :)

Quanto a minha amiga secreta, A Gisele Atriz. Poxa, vc me cadastrou no orkut!? Ainda bem que nem reparei sobre a possibilidade de vc ser minha amiga secreta Rs****

Que isso, eu não escrevo tão complexo não.... as vezes sem sentido, mas complexo só de vez em quando... Rs*** Não tenha medo, eu só faço cara de mau... Não mordo :P

Adorei teu texto, captou uma coisa principal minha poesia. Uma projeção dos fatos no tempo. O tempo está presente em vários textos meus, pois represento nele várias pessoas e coisas que aconteceram na minha vida. É a figura do "self", do imutável, do "deus". Ele é quem me destrói e me constrói. É a comunidade, são todos e eu mesmo.

Este, tal como você disse, é envolvente, e as vezes me perco nele. E possivelmente, super-valorizo.


Você também me propõe uma viagem, muito grato :)! Acabei de chegar de uma... A viagem foi prometida como pesadelo, mas foi realmente um sonho, pena que cai da cama no final... Estou exausto, mas realmente não vejo a hora de voltar a estrada!

Um abraço para ti também, obrigado pelo presente, por um tempo de compreensão, é difícil perceberem que isto é importante. Obrigado e até ;)

Sandra Regina de Souza disse...

GENTE!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Amei!! Marcos, seu presente me encheu de inspiração!!.. OBRIGADA pelos versos... e pelas palavras aqi nos comentários.... Puxa.. pra quem estava se sentindo sem chão (em termos de poesia), suas palavras são simplesmente maravilhosos estímulos...
Ah... Renata!! Vc seus versos foram realmente uma fonte inspiradora.. amei sua escrita, menina.. e agora saber que pelo menos um dos meus milhares homônimos lhe é caro!.. Que alegria!! Puxa.. estou realmente emocionada.. desculpem!!..r.s... assim meu coração fica despedaçado mesmo..r.srs...Obrigada a todos os participantes.. essa festa de poesia é o melhor presente!!
bj

Valdecy Alves disse...

Parabéns pelo blog voltado para cultura. Leia minha poesia: CANTO AO CEARÁ, selecionada para coletânea do XII Prêmio Ideal Clube de Literatura. Obra lançada no dia 21 de janeiro de 2010. Leia, comente e divulgue. Veja também meu documentário, penúltima matéria do blog: Padim Ciço, Santo ou Coronel? Meu blog: www.valdecyalves.blogspot.com