sexta-feira, janeiro 15, 2010

dias de janeiro

dias de janeiro
me estranham

encontro-me
em outra esfera

uma incógnita
a ser revelada

um piscar
de aprendiz

seguro a mão
de quem me penetra

e sigo viagem


5 comentários:

J.R. Lima disse...

dias de janeiro de verão seguir em vã viagem ao piscar de uam esfera estranha

(entendeu?
...
em eu!)

Iara na Janela disse...

a menina voltou com tudo!

todo dia de janeiro, linda poesia!

beijos...

Renata de Aragão Lopes disse...

Excelente!
Janeiro é, realmente,
um tempo de estranhezas...

Beijo,
doce de lira

Aline disse...

Ma querida!

De volta e mais poeta do que nunca.

Belo.

(L)³

J.F. de Souza disse...

dias de janeiro também me estranham, sabe, Ma? (não da mesma forma, claro... mas, talvez, parecido.)