sexta-feira, agosto 24, 2007

ad infinitum

sobre os trilhos enferrujados

caminhei desertos inteiros
atravessei mares intensos

até te encontrar em um campo de trigo
com um girassol nos cabelos

e o silêncio se fez azul

2 comentários:

Cristina Loureiro dos Santos disse...

Lindo, Mary!
Beijos :)

Leandro Jardim disse...

que bela pintura!

e o mar, amarelo
e o amar, elo
das palavras doces
do poema caramelo

beiJardins