sexta-feira, junho 13, 2008

primitiva (2)

sou a mulher das cavernas
que vai para a floresta
caçar grilos
e dançar com lobos

sou homo erecta sobre as próprias pernas
que pinta a testa
e lança gritos
para amansar os bobos.

(czá + mary)

10 comentários:

Alê disse...

Salve, salve!

moacircaetano disse...

Uau!!!!!!!!!!!!!

Instinto e beleza!
É da natureza
de mulheres.
O que queres?
De tal parceria
só podia nascer
uma poesia
prêt-à-porter.

Amo as duas!

VaneideDelmiro disse...

É cor de rosa? Choque!!!
Amei o poema!

Alex Pinheiro disse...

Caraca! Ironia gourmet num casamento literário agradabilíssimo!
Adorei a continuação dessa que insiste em "abandonar" os versos delírios... rs

Bjs e progesteróicas invenções!

J.F. de Souza disse...

Amansar ou afugentar?

Anônimo disse...

"sou homo erecta sobre as próprias pernas"...amei isso! mulher é isso!
Marcia

Leandro Jardim disse...

hehe, excelente!

Leandro Jardim disse...

hehe, excelente!

Mary disse...

Ficou perfeito! Adorei, Czá! :D

:*

aline disse...

show!

abs.