quarta-feira, setembro 03, 2008

Ciúme


Atravessando a nossa passarela de convidados especiais, temos a poética única e especial de Yara. Tentar apresentá-la é pouco perto do grande sentir que seus versos proporcionam.
Deixe que esses versos te atravessem por completo aqui.

Sinta!


Ciúme

Tido e despossuído.
Ido.

Querer tanto
e tentar
e arder.
E despertar.

Querer ter
e des-ter
e despir o ter,
a tez,
um triz.

Um tanto querer ter-te
que para mim basta
abs-ter-te.

9 comentários:

J.F. de Souza disse...

Eu já virei fã dessa moça Yara! Adoro tudo o que pude ler dela -- inclusive esse!

Que bom que vc pensou nela pra Semana de Convidados! (Se ela não fosse convidada agora, com certeza, eu a convidaria numa próxima Semana!)

Bjos às 2! =*

*** Cris *** disse...

Semana de convidados...legal isso...gostei!!!
Bela escolha da convidada, essa menina escreve muito bem!

Múcio L Góes disse...

de cara
eu logo amei
essa Yara!


vlw, mô.

bjs.2

Mary disse...

eu atravessei por lá dia desses e adorei!

:)

bjuss

Thiago disse...

não conhecia mas me deu uma vontade de atravessar por lá também, quanta poesia viva em suas entrelinhas !

Sandra Regina de Souza disse...

Yara é pura poesia!!! Tbm sou fã!! beijoss

Pinky disse...

Ela é boa desde pequena...
Eu a conheço...
Eu garanto
=P

moacircaetano disse...

Puxa, naõ tinha ainda tido o prazer de conhecer!
Virei fã!

Ady Cavalcante disse...

"...Querer tanto (...) e arder". Bom demais, Yara!!! Beijos