sexta-feira, setembro 19, 2008

fera e ferida

o que me perturba
picada de abelha
toque de urtiga
vidro no chão

o que me machuca
é o seu silêncio
preso na garganta
minha incompreensão

6 comentários:

..::Andressa::.. disse...

Olá! Fazia tempo que não passava por aqui. Adorei os poemas, como sempre.

Alguém se interessa em participar de um concurso de poesia?

http://concursopoemateca2008.blogspot.com

Já tinha divulgado para o J.F.
Se os outros puderem dar uma olhada, fico agradecida.

Abraços à todos!

Dolfo disse...

o silêncio é realmente é algo perturbador quando se quer falar conversar e dialogar

Diana Borges disse...

Que lindo blog,Mary
Além de escrever muitíssimo bem.
Adorei ler você!

Múcio L Góes disse...

putz, putz!

de calar!

:*

aline disse...

calar-se qdo a dor ensurdece.

lindo, ma.


(L)

J.F. de Souza disse...

Pois quem cala...