sábado, setembro 13, 2008

Fim de Semana Não

Um sábado pode ser
apenas a espera do outro sábado
apenas gaiola de pássaro
sabático sem graça sem graça
apenas mais um sábado que passa

Um domingo pode ser
como milhares de outros domingos
ou não
pode ser só saudade e solidão
pode ser só lágrimas e tédio
dor de cotovelo e nenhum remédio

E as noites
podem ser
assim sem você
assim só o frio
meio assim assim
sem você e sem mim

5 comentários:

Nadja disse...

Lindo!

bjosss

Sandra Regina de Souza disse...

eu sei bem como são os fim de semana NÃO... felizmente os meus são sempre sim agora!!! beijos

J.F. de Souza disse...

Sem palavras...

Lágrimas servem? (Ando muito emotivo...) =P

Múcio L Góes disse...

um sólido poema de solidão.

aline disse...

que os nãos ausentem-se de ti.

(L)