quinta-feira, agosto 13, 2009

CALMA

Calma agora
Alma
Al'minha
Não é mais hora
Prá se andar
Sozinha.
Eu te quero
Bordar
Verso nas mãos
Na palma,
Das minhas.

Rayanne, diretamente do Contratempo.

7 comentários:

moacircaetano disse...

E terminas por bordar com admiração meus olhos, meus sentidos...
Lindo!
Linda!

Aline disse...

lembrou-me Baleiro.

Belíssimo, estrela.

:)

Múcio L Góes disse...

muita alma nessa hora.

gostei muito! =]

=*

(L)

Sandra Regina de Souza disse...

Alinhavado com esmero!! Calmaria urgente! bjo

A czarina das quinquilharias disse...

:) lindo

A czarina das quinquilharias disse...

:) lindo

J.F. de Souza disse...

c'alma! sempre!