terça-feira, agosto 11, 2009

discurso (in)direto

Quando escrevo
meus planos
sem contexto
entre parênteses
no corpo... nas cartas
e leio minhas marcas
entre farpas
entre cascas
... Emudeço
(e penso):
Ando farta
de dizer
"euteamo"
(entre aspas)

7 comentários:

Buh: disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Buh: disse...

Parabéns pelo Blog.
Gostei muito de texto.
Venho aqui muitas vezes para inspirar-me... Pra não desanimar com nossa realidade e seu texto demonstrou profundamente o que estou sentindo:' Ando farta de dizer "euteamo" '.
Abraços

Rayanne disse...

Ah! Estamos fartos de tudo que não é, pretendendo estampa. Lindo, lindo. Com a força das sensações. ***Estrelas***

Múcio L Góes disse...

show de bola, bela!

=*

(L)

Bárbara disse...

Adorei seu blog!
Sério,muito criativo parabéns!
P.s.:Já tô te seguindo,
você será bem-vinda no meu blog!
Seu blog tá d+

moacircaetano disse...

Então digo: EU TE AMO!!!!

J.F. de Souza disse...

Há muitas aspas
e parênteses
e desinenciais
e figurações
na linguagem dos povos...