segunda-feira, agosto 31, 2009

Os olhos pretos pretos
tanto que é impossível ver
algo neles
os olhos pretos pretos
como um bilhão de noites
sobrepostas
como se me atravessassem pelas costas
como o lugar onde a luz vai
(de vez em quando)
só quando ninguém
está olhando.

2 comentários:

Bárbara disse...

Esse ficou ótimo parabéns!
Beeijo =)

moacircaetano disse...

uau!!!!!!!!!!!!