quinta-feira, setembro 07, 2006

Coisa louca

Coisa louca
essa gente
que vive
loucamente
Mentes doidas
criativas
Mentirosas
Mente rosas
sem espinhos
Perfume
entorpecente
Penetram
em nossa mente
(Lança? Lança e perfume?)
Penetram
em nosso íntimo
Nos penetram
Nos corrompem
Nos consomem
Nos devassam
Nos levam ao delírio
Me enche de fascínio
Toda essa loucura
Gostosura
de viver a vida
assim
essa
coisa louca

11 comentários:

Mary disse...

Essa coisa louca
essa língua louca
que nos faz ser vários
e um ao mesmo tempo
delirando
penetrando
corrompendo os espinhos
das rosas
do louco pensamento...



Adorei!
Bjos! ;*

Nanna disse...

Gostosura! That's the word!

Monte de beijinhos...
:))

Múcio Góes disse...

vida vida
minha Babel.
coração na ponta da lingua,
e todo desejo dizendo vamos.

massa!

[]´s

Poeta Matemático disse...

Simetria...

E assimetria..

No fim tudo tem um pouco de resquício de mágoa...

E amor é assim mesmo..

Odores e odores: feromônios...

Nobre Dama disse...

Tinha q ser tu, né?!?!?

Amei a mistura de gostosuras... bjinhos carinhosos

André disse...

freneticamente belo

Leandro Jardim disse...

coisa boa
é quedar-se à toa
e não é coisa pouca
toda essa gente louca
mentes correndo, lentes gritando
e essa voz rouca


muito bacana isso tudo, meu caro!

abraços jardineiros

Maia disse...

Mesmo melancólica, com pensamentos contraditórios e a me arrastar por este dia, concordo que tudo isso é uma gostosura. Até.

Mendoscopia disse...

"Vida louca vida, vida breve
Já que eu não posso te levar
Quero que você me leve"
Já dizia Cazuza...

Lindos versos. Como sempre.
Bjos,

Aline disse...

Enlouquecidas e belas palavras.

:**

Rayanne disse...

Lança envenenada
Perfuma, tranpassada
Alma tua, alucinada
transforma a dor
em fada.

**Estrelas**