sábado, fevereiro 10, 2007

A minha convidada de hoje é a Ana Paula Mangeon, de uma prosa e poesia irretocáveis.
Uma rara sensibilidade e finíssimo trato com as palavras.

Aprendi a amar o que ela escreve há uns dois anos atrás, e desde então me é impossível viver sem ler o que ela escreve.
Com vocês, Ana Paula Mangeon:

Das coisas que a gente sempre sabe.
(revisto)


A gente sabe, a gente sempre sabe
quando a coisa está bem ou está mal.
Quando o olho perde o brilho, quando o sorriso ilumina.
A gente sempre sabe quando a mão quer ou não a mão,
quando a presença é ou não mais é imprescindível.
A gente sempre sabe o limite da paixão,
onde transmuta em carinho,
quando vira só admiração
e quando já estava mesmo tudo perdido.

A gente sabe, a gente sempre sabe.

A gente sempre sabe a hora de avançar e a hora de recuar.
A gente sempre sabe reconhecer subterfúgios e estratagemas.
A gente sempre sabe o pulo do gato e a rota de fuga.
A gente sempre sabe o início, o meio e o fim.

A gente sabe, a gente sempre sabe.

E a gente sempre sabe que às vezes a gente corta,
tenta arrancar, lava com álcool e removedor,
mas a coisa fica ainda ali, incubada, latente,
aguardando uma distração para se manifestar.

São velhas conhecidas as mentiras que a gente inventa.

A gente sabe, a gente sempre sabe quando a fonte seca
e quando ainda há água para nossa sede eterna.


Mais dela: http://www.anamangeon.mus.br/
Mais da poesia dela: http://www.anamangeon.mus.br/versos/

7 comentários:

fabio jardim disse...

muito sonoro, principalmente "a gente sabe, a gente sempre sabe". dá cócegas na boca da gente.

e realmente, a gente sempre sabe... o problema é explicar.
muito bom!

Mulher na Janela disse...

lindos versos...
sim, a gente sempre sabe...mas continuamos mentindo para nós mesmos!

beijos...

Marla de Queiroz disse...

É que dói saber tanto às vezes...
Lindo!

Múcio Góes disse...

de fato, Moacir, vc falou bem... a Poeta cuida muito bem das palavras!

Parabéns, Ana Paula!

[]´s

Leandro Jardim disse...

A gente sabe mesmo, ô se sabe... e a gente sempre sabe negar... hehe... humanos... hehe

Olha muito lindo... adorei mesmo tudin até o fim!

prazer em conhecer!
beiJardins

mary disse...

Lindo!
Amei! :)

Parabéns aos dois. Beijooosss.

Juliana Pestana disse...

Delicioso. Versos facilmente degustáveis e de grande delicadeza.

A gente sempre sabe quando enxerga um dom em alguém. A gente sempre sabe...

Bjos meus.