sábado, fevereiro 24, 2007

VAMPIRO

Me perdoa
por te dar prazer
nessa busca que faço agora
(busca inútil...
busca inglória!)


Me perdoa
por te fazer feliz
ao buscar em teu corpo
aquela mulher
que não me quis...

Me perdoa, te peço
por querer afogar em ti
meu dissabor
e no processo
te enlouquecer de amor.

Me perdoa por amanhã,
quando eu te deixar...
deitada, nua e só.
Só a encontro à luz da lua.
Por isso me escondo do sol.

8 comentários:

Césped Vesper disse...

Seguindo teus passos, e feliz com tuas rimas...

Mário Margaride disse...

Não te escondas do Sol, Vampira...ele te dará a luz, do teu amor...

Beijinho

Mell*Krisztina disse...

Até eu, que apesar do coração mole, maldita repenso em te perdoar...

bjinhos mil
mel em cima.

Leandro Jardim disse...

Hehehe!
Bem bom!
Como os sinos de carnaval!

abraço Jardineiro

Múcio Góes disse...

por vc, em vão, piro.


massa!

[]´s

Aline disse...

Fantástico.

Deu um nó na garganta.

:*

Jefferson de Souza disse...

Hahahahahahahahahahahahahaha...

Ninguém nos perdoa
Sempre haverão
caçadores
Estaca numa mão
e pedra
para ser arremessada
contra algum teto de vidro

Mary disse...

Belo, Moacir!

:**