quarta-feira, fevereiro 28, 2007

preciso de um vendaval
pra escancarar minhas janelas
e refrescar minhas entranhas.
preciso de um maremoto
pra arrebentar esses elos
e me levar pro infinito.
preciso de um solstício
pra alimentar minha alma
e abater os meus erros.
preciso de uma miragem
pra refazer minha busca
e relembrar quem eu sou...

6 comentários:

Mário Margaride disse...

Precisas de nova arágem,
Novo lume, novo Sol...
Precisas de um novo dia,
Nova estrada, novo horizonte...

Quem sabe se olhares bem...

Está aí...mesmo de fronte...

Papagaio

Sandra Regina de Souza disse...

o movimento de busca já muda muita coisa!! Tempestivos desejos remexem por aqui!!.. beijossss

Mary disse...

Lindo, Nanna!
Belas imagens/paisagens...

:**

moacircaetano disse...

Todos precisamos de nossas próprias intempéries...

Jefferson de Souza disse...

Os 3 últimos versos vão fundo... Tantas vzs precisei disso...

Leandro Jardim disse...

Esse me tocou!
Engrosso o coro!!!