sábado, janeiro 19, 2008

Buzz Aldrin

Eu queria ser o primeiro.
Queria o frescor derradeiro.
Queria ver meus passos naquela poeira.
Queria dizer a frase certa
no momento certo
e ver meu nome ressoar
por uma geração inteira.

Queria ser o primeiro a pousar meu olhar
naquela paisagem desértica.
Queria a honra profética
de respirar nenhum ar.
E flutuar.

Queria, enfim,
que tudo fosse pra mim.
But I´m wrong.
I´m not Neil Armstrong.

9 comentários:

* hemisfério norte disse...

também queria ser a primeira, e apesar de não ser Armstrong, nem aui ser a Lua e sim o outro lado do hemisfério, consegui. Fui a primeira a dizer que GOSTEI eheheh
bjs
a.

Erika disse...

nem neil, nem buzz, mas a felicidade está em pisar na lua todo dia, mesmo sem ir lá ;)

beijo

"Oncotô? (Erika)"

A czarina das quinquilharias disse...

pobre buzz...
pelo menos ele ganhou um personagem em toy story!

..::Andressa::.. disse...

Olá para os 7 poetas!!
Adorei o blog! Poemas maravilhosos, me fazem querer ir à Lua!!

Gostaria de deixar um link desse blog no meu, se não se importarem...

Abraços!!

Múcio L Góes disse...

ducaráleo, Moa!

pra quem falou que a poesia anda mirrada, hein?

prefiro Buzz a Neil...

Armstrong pra mim, só Louis!

"i see friends shaking hands..."

vlw!

Mary disse...

Lindo, Moa! =D
Perfeito :*

Aline disse...

eu emocionada fiquei.

beijo, filho.

Remo Saraiva disse...

Um dos melhores e mais bem bolados poemas que eu já li nos últimos tempos... daqueles que dá aquela invejinha boa de "por que eu não tive essa idéia?"... rsrsrs

Parabéns, cara!! Um real achado!! Coisa de antologia MESMO!!!


Abs,
REMO.

Leandro Jardim disse...

Realmente Moa,

Esse é uma obra-prima de primeira, primeiríssima linha.
Genial e ponto! (de exclamação)

abs
Jardineiro