domingo, abril 20, 2008

Queria ser...

Para abrir mais uma Semana de Convidados, eu trago um escrito de Fernanda Paz! Mocinha campineira de uma maturidade que me impressiona, e uma visão-de-mundo que por vezes se mostra chocante - mas que muitos podem identificar como a mais verdadeira -, escreve coisas que me atingem com força, sempre. (Sou fã dessa menina!)

Apreciem!

Queria ser o que te instiga a vida
e não te prende ao esmo ininterrupto.
Queria ser teu empurrão
às tuas próprias envergaduras
ao teu centro
e ao teu apêndice
para apalpares em ti o que é humano
e sentires em ti
o que transcende.

Queria ser a brisa do teu jardim
a que antecede a chuva
que molhará as roupas no varal.
Queria refrescar teu rosto vermelho
acalmar os teus brinquedos
brotar no teu quintal.

Queria ser uma essência rara
de um livro que lês.
uma palavra de Clarice
invadindo teu peito
explodindo tuas veias
e por fim dormir nos teus glóbulos brancos.

Queria ser teus cílios-
a passarela longa
da tua visão
ao meu espírito -

Mas só sei mesmo do que sou
sou o que te ama
e que não tem maior fronteira
que me impeça de dizer
que isso já me basta:
- sou tudo o que eu queria ser.



Confiram mais escritos dessa moça aqui: http://animalsentimental.wordpress.com/

=)

6 comentários:

moacircaetano disse...

Fui até lá dar uma olhada e adorei a poesia dessa moça.
Fejones e seus belos achados!

André Lasak disse...

Boa escolha, Fejones! Parabéns, Fernanda, muito bem escrito!

E, aproveitando a ocasião, hehehe, depois de uns bons meses voltei à ativa com o Quimera Ufana…

Apareçam lá pra tomar uma cervejinha. ok?

Abração!

Fer disse...

oba... que legal estar aqui no seu blog.
Obrigada pelas pelavras e pelo espaço concedido.

:)

Múcio L Góes disse...

belo achado, Jeff!

poesia de gente grande, viu?

gostei muito.

bjo nos dois.

Mary disse...

lindo lindo! adorei!

beijos nos dois! :)

Aline disse...

poesia sensível e especial, Fernanda!


AMEI!


Beijos.