quinta-feira, dezembro 04, 2008

dois gumes

quando a ordem
é do destino

não condeno
não reprimo

não cismo
nem adulo

foi abismo
eu pulo

5 comentários:

moacircaetano disse...

hehe...
adorei o ritmo, pra variar!
seu livro tá comigo, vou começar a ler agorinha!!!!!!

J.F. de Souza disse...

Uma katana! Dois gumes? Nada!

Sandra Regina de Souza disse...

pode pular...rs
(aqui embaixo, te seguro!)
bj

A czarina das quinquilharias disse...

os gregos sempre avisaram, não adianta tentar contrariar o destino.
bj

Mary disse...

que bonitinho o comentário da sandra! :)

quero segurar tb! será que vai ter briga? hahahaha :p~

bjusss