domingo, dezembro 28, 2008

Mais 3 pra entrega de hoje!

E continuamos bancando o trampo do papai-noel! Seguimos com a entrega dos presentes! Mais 3 pra entrega de hoje!





Acompanhem:







De: Rayanne (http://www.meucontratempo.blogspot.com/)
Para: Stella Polaris (http://www.divagar-esempre.blogspot.com/)

Uma linda!
Stella é dona de um estilo próprio. De um acreditar doce,
gentil, e graças a Deus, incansável. E não esconde a vontade
de ver um mundo que queira ser melhor do que é. Ela acredita
no ser humano. Em "estar" humano. Escreve com uma clareza
cortante, que seria contundente, não fosse essa doçura que não
abandona as suas letras.
Feliz Natal, Stella!!! Sua amiga, Rayanne.

“Gentileza gera Gentileza”
Para Stella Polaris

Vendaval de doçuras.
A lucidez, – fato –
Ronda as canelas,
Dentes à mostra.

Mas ainda assim, insiste a doçura.
A doçura desesperada dos despertos,
A ânsia nossa poética – profética
E quase esquelética,
De suavizar os contornos do real.

Eu que derramei olhos sobre suas letras
Encontrei abrigo nas marquises do sorriso,
Caminhei passos submersos,
De lágrima contida.

Ainda assim, a doçura.
Espreguiçando-se sobre a teoria
Convidando a razão para a vida,
Que a vida, muito embora.

A vida também insiste em doçuras,
Moça, a vida em torno roda,
Das gentilezas à gratidão,
Insiste a infância, de sabor amora.

Que as brevidades do tempo,
Não diluam a insistência.
Que as asperezas das paredes
Não desfaçam a suavidade
Desse olhar para o mundo
Que iridescente abraça um sorriso
E insiste,
Doçuras.



De: Stella Polaris (http://www.divagar-esempre.blogspot.com/)
Para: Diovvani (http://www.diovmendonca.blogspot.com/)

Transverso

Me angustio e vou errando
caminho
por pedras
desenhado
presságio de volta não há.

Perguntam-me de outras partes
do que há bonito pra ver.
Se olho, não digo palavra.
Vou errando
minha sina
encontro d'olhos denuncie:
bonito não se faz, bonito há,
bonito não há, bonito se faz.



De: Diovvani (http://www.diovmendonca.blogspot.com/)
Para: Czarina (http://sabedoriadeimproviso.wordpress.com/)

PRESENTE

O que te dar neste dia?

O que te daria eu ontem
quando não te conhecia?
E amanhã, o que darei
se hoje não te dei
o que devia?

O que te dou é apenas
sombra do que querias.
Dou-te prosa, e o desejo
era dar-te poesia.

Affonso Romano de Sant´Anna

...

Abraço das montanhas.

6 comentários:

Leandro Jardim disse...

belos presentes revelam essa leva! :)

moacircaetano disse...

domingo inspirado, inspirado...

Cosmunicando disse...

assim que é bom, o natal continua... e o papai noel poético inspiradíssimo =))

A czarina das quinquilharias disse...

eeba!
:D
ganhei o meu!

Sandra Regina de Souza disse...

Primeiro: Parabéns!! Estes presentes estão me deixando com uma "inveja" danada!!! Buááááá´: Quero o meu!!!

Mary disse...

Lindos presentes!

Esse da Rayanne está um doce! :)