quarta-feira, dezembro 31, 2008

e mais, mais, muito mais!

De: Alê Quites (http://namastealequites.blogspot.com)
Para: Fernanda (www.animalsentimental.wordpress.com)

Nosso Natal

O menino poema,
anunciado por letras com rastros luminosos,
na manjedoura deitado
feito comida aos animais sentimentais nas estrebarias,
quebra o silêncio.
Nascimento de um ou vários sentimentos
Descrição do processo de criação.
Ação.
Por alimentar a alma é pão.
Por movimentar a cabeça é sino.
Por promover novas sensações é pó.
O menino pó[ema] recebe
reis, rainhas, presentes e letras.
O nascimento de um poema de paz
criando um conjunto de palavras para Fernanda.
Entre tantos ocultos
e poucos amigos
um corpo de coração gigante e poético
palpitando
num ritmo vermelho
como nariz de rena que vive nas regiões frias,
como sangue de carne quente,
como caquis maduros no pé,
fomos sorteadas.
Reação.
A cada inspiração os seios
se fartam coagidos pelas letras
e o espírito natalino.
Por mais que a Fernanda
queira fugir, fingir ou mudar o foco
ainda é presente.
Pó de ouro.
Pó paz.
Pó[ema].
Feliz
feliz
no tal
Natal.
Não vês?!
Sinta-o, por ser um animal sentimental...


De: Fernanda (www.animalsentimental.wordpress.com)
Para: Iara (www.mulhernajanela.blogspot.com)

Espero que a Iara goste da poesia. Não a conheço nem um pouco. Fiz a poesia baseada no que li no blog dela. Espero que ela fique feliz com minha humilde poesia. :)
Lá vai:



Iara, a mulher na janela.

Eis que então me coube a tarefa
de falar da mulher na janela,
que entre a pintura de Dali
e os olhos pairados no horizonte,
está ela,
surreal,
nadando livre nesse mar intenso.
Dizia-se Iara.

Pode a mulher na janela
estar observando o horizonte
e ao mesmo tempo fazer parte dele?

Seria Iara a mulher da janela
ou a mulher do mar?
Ela e a outra,
ambas a mesma.
Ora viva, protagonista altiva
com os cabelos ao vento
e olhar cerrado,
despreocupada de sua existência.
Ora espectadora de sua própria vida,
como outrem que observa
e caça em silêncio a poesia.

Espreitando a vida,
assistindo o mundo em que ela existe
silenciosa e mística
debaixo d’água, atrás da janela.
A mulher que é peixe
e que é poeta.

Só quem pode estar na terra
e no mar
há de ter há de ter tanto causo pra contar,
tanta poesia bonita
pra além d’alma encantar.

Iara, que deu à luz a uma pérola
Iara, que enfeita o cabelo de estrelas a noite
e de dia se fantasia de homo sapiens
para batalha do que não é fantasia.

Iara, que viva,
luta, contempla
e aprende
a ser mulher,
peixe,
mãe,
e poeta.


De: Iara (www.mulhernajanela.blogspot.com)
Para: José Rosa (Zero S/A) (www.bizarrodeslumbre.blogspot.com)

O meu amigo poético é o José Rosa (Zera S/A), de Guarulhos/SP.
Escreve poesia e prosa, respectivamente nos blogs Bizarro Deslumbre e Breves Histórias. Da sua personalidade meio célere, meio avulsa, meio aquosa, consegui abstrair um cheiro de rosa, um gosto de som.
Inspirada nos bilhetes de entrada para os shows que foram marcantes em sua vida (especialmente nos saudosos anos 80), escrevi esse poeminha.

Eis o meu presente. Espero que goste, José!


de bilhetes

quando abri a gaveta antiga
daquela arca enfeitada
da sala de minha mãe

era de som esculpido
o seu íntimo silvestre

era sereno
era canto
era partícula de encanto
bicicletando a esteira dos anos passadiços

era meu vício
nas açucenas da noite
nas cicatrizes da dança
na ventania das luzes

se eram traças
ou naftalinas
para alheadas retinas cegas

para mim eram adegas
do vinho copuloso
de meus anos mais vividos

uma rosa espinhando
uma lua crescendo

um poema nascido.


Iara Maria Carvalho

* Com carinho, um lindo Natal a todos!

5 comentários:

Marrí disse...

Cadê o meu.......

Lindos os escritos aqui, inspiradíssimos!

Cosmunicando disse...

estão arrasando...

Mulher na Janela disse...

Adorei o meu, Fernanda!!! Tão lindo... Você já sabe o quanto captou do que me é mais denso e afeto.
Espero que o José goste do meu poeminha...

tudo sempre lindo por aqui!

feliz ano novo a todos!

moacircaetano disse...

Pra fechar o ano com chaves de ouro!

J.F. de Souza disse...

Olha...

Como falou Moa, foi pra fechar o ano com chaves de ouro!

Olha...

Que maravilhas são essas??? Os 3 estão INCRÍVEIS!!! =D

E feliz 2009 pra tudusmundo!