terça-feira, dezembro 23, 2008

Na terceira caixa... os presentes vão para...

De: Elaine Lemos (http://duaspartes.blogspot.com)
Para: Pavitra (http://metamorfraseando.blogspot.com)

Paraíso encontrado

Levou-me a correnteza e eu conheci!
Ah! tivesse remado
mais cedo teria encontrado...

Quantos bichinhos alados
perdi fazendo flap-flap por aqui?

Mas não faço cerimônia na chegada:
piso o verdinho do gramado
roçam-me os pés, as folhinhas orvalhadas

aquieta-me as idéias, o farfalhar das copas
invadem-me os olhares, todas as tonalidades

respiro tão fundo, tão fundo, que me entram
as almas das flores pelas narinas

e sirvo-me das saborosas pétalas
das metamorfoses fraseadas


Acho que nem preciso dizer quem é minha amiga, né? É a Pavitra, claro! Adorei ter tirado você, Pavitra! Conheci seu campo e suas flores! Um beijo!


De: Pavitra (http://metamorfraseando.blogspot.com)
Para: Leandro Jardim (www.florespragasesementes.blogspot.com)

o jardim e o leão

girassóis de outros sistemas
nascem em seus versos

e sinto cada letra
como se me transformasse
em amarílis
orquídea
miosótis

ou em qualquer flor azul
que exale aroma
também azul

e além das sementes
de lírios e palavras
também pressinto a poesia

que cultiva nesse jardim
um homem que ruge
poemas


De: Leandro Jardim (www.florespragasesementes.blogspot.com)
Para: Fábio Brandão (Bill) (http://www.prahoje.com.br/bill)


Sobre entortar a realidade

O fato é que a realidade
é presente e fardo.

E quando não está à flor
da pele, intensa ou for ardente,
ou se na calmaria que às vezes
a faz perder a graça,

há que se entortá-la.

Há que se encontrar um bardo,
um fabuloso homem
que a poesia traga.

Porque quem isso faz,
faz mais que consertar
horas e locais, fala.

Como quem ouve um sábio
que sabe abrandar o que é vão,
e do vazio do momento
propaga a canção.

18 comentários:

Cosmunicando disse...

gente, isso tá cada vez melhor... tô de cara com esses poetas!

Ellemos disse...

A Pavitra só vai ver o presente no ano que vem... :(

Lindos os outros!

Mariana disse...

que lindoooooooos!

mas cadê o meu? rsrsrs

Bill disse...

Mas olha só quanta sorte (=
Logo quem saiu como meu amigo, grande Leo Jardim... E como sempre, belas e saborosas palavras x)

Adorei.

\o/

Pavitra disse...


elaine, arrumei um tempinho... ainda bem que o presente veio hoje!

adorei seu poema! vc metamorfraseou!

vou corrigir minha falta com vc e ir lá no seu cantinho, tá? :)

um beijo grande, feliz natal e um 2009 com tudo!!

Pavitra disse...


o poema do leandro é demais tbm!!

e eu no meio de vcs! :O

beijos, queridos!

Leandro Jardim disse...

Eeeeeeeeee! Que beleza!

Ser sorteado assim por uma nova amiga e poeta instigante é uma beleza!

Então me viste como jardim e leão
de canção em rugido de flor
e me vestiste poema bom assim

Belas e precisas palavras de minha amiga Elaine, também :) saudade

e... que bom que o grande Fábio gostou de seu presente... foi feito com dedicação e prazer!

grandes abraços "ni" todos!
Esse amigo OCULTO está surpreendente...

Jardim

Alex Pinheiro disse...

Caracas,,, começo a pensar se o que escrevi está à altura!!! hehe

Bjs, abraços e novos presentes!

J.F. de Souza disse...

Suuuuuuuuucesso!!! =D

Miguel Barroso disse...

Meu deus, tanta qualidade e profusão aqui.

Abraços d´ASSIMETRIA DO PERFEITO

A czarina das quinquilharias disse...

ótimo conjunto!

alhi disse...

tudo junto. muito lindo. emocionate. bacana!

Mulher na Janela disse...

amei o do jardim! lindo demais!!!

ai que ansiedade! num vejo a hora!!:):)

feliz natal a todos!

Sandra Regina de Souza disse...

Presentes maravilhosamente poéticos... Elaine: doçura nos versos... que delicadeza!!
Pavitra: revelando o florescer do nosso estimadíssimo Jardim com tda sua grandeza!
E Jardim... sempre perfeito!!!
Satisfação indescritível ser a portadora deste post!!

Múcio L Góes disse...

tres tapas de poesia diários; há coisa melhor??

=]

Mary disse...

lindos presentes!

adorando nosso amigo poético! :)

beijos a todos!

Marrí disse...

NATAL DE PAZ, SAÚDE
E O SOPRO DO RENASCIMENTO,
DA FÉ E DA ALEGRIA... PARA TODOS!!

Bençãos divinas...

.É uma delícia ler os presentes aqui.

moacircaetano disse...

3 poesias rescendendo a jardim, a flor e verde e flap-flaps (Adorei, E.)
Saio florescido!