terça-feira, janeiro 27, 2009

plágio

Me deste o ritmo perfeito
e teci minha fantasia indiscreta
no estilo da tua poesia correta

Puseste a palavra precisa
entre minhas rimas decadentes
e risquei teu verso
com minha grafia indecente

Mostraste a destreza
das tuas mãos ambíguas
a me moldar em prosa...
por isso copio tua escrita
nestas letras cor-de-rosa!

4 comentários:

Rodrigo Mesquita disse...

Nossa! Me identifiquei muito com o seu blog. Te linkei.

1000 bjs/s

Múcio L Góes disse...

cor-de-prosa...

lindo.

:*

Mary disse...

gostoso de ler, sandra. muito bom!

:*

moacircaetano disse...

bom como o gosto de beijo!