terça-feira, março 24, 2009

Astronomia prática

Enquanto você revira
Meu espaço intergaláctico
Com seu cometa...
E adentra meu planeta
Com seu instrumento fálico...
Minha rima ilumina seu verso
Até que eu seja abduzida
Pelo poema escondido
No centro do (seu) Universo

10 comentários:

C. disse...

muito bom, moça
muito!
=*

Mary disse...

uau, muito bom, sandra! adorei!

bjuss :*

Cosmunicando disse...

um barato essa semana temática!

A czarina das quinquilharias disse...

ui!
:D

Mulher na Janela disse...

coisinha pulsante, louca poesia intergalática.

adorei...

beijos...

Lubi disse...

adorei.

gente, adorei o layout, muito bonito.

;)

beijos.

moacircaetano disse...

Viagem ao centro de ti!
Uau!

Alhi disse...

show de Sandra.

belo!

J.F. de Souza disse...

Cósmico, sem dúvida! =P

J.F. de Souza disse...

visível a corpos (celestes) nus