sexta-feira, março 13, 2009

fauna e flora nas palavras

tenho a fauna
e a flora
em minhas palavras
e uma expectativa vegetal
de brisas e orvalhos
e sons de asas

línguas
coisas escorregadias
e úmidas
limos e lagartos
absortos ao sol

e num poema
desejos desfolhados
e agudos apetites
unhas-de-gato
sobem agarrados
às minhas pernas

e eu já hera

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~


Minha convidada rodopia as palavras, lapida seus segredos e lança sua poesia aos deuses, aos pássaros e às águas. Sua poesia respira. Minha convidada é a querida Adrianna Coelho e se vocês ainda não conhecem a dança poética dessa morena não deixem de visitar seu blog metamorfraseando. :-)

8 comentários:

Adrianna Coelho disse...


Oi, Mary - e as outras 6 cabeças!

adorei estar aqui como convidada e
também as suas palavras, Mary!

puxa, obrigada! :)

p.s tava sumida, mas hoje à noite voltarei aos blogs (e ao meu próprio) rs

beijos a todos!

Stephanie disse...

muito bonito, gostei muito!
é delicado.

=)

Anônimo disse...

uau, que delícia de poema!
adorei!

Moacir.

Sandra Regina de Souza disse...

ADOREI!!! aliás, o nome do blog faz jus ao estilo... bjos pra essas moças...

J.R. Lima disse...

muito legal, este poema! Gosto muito da forma como a sensualidade se reflete da mesma forma no texto e na sonoridade.

parabéns, Adrianna, pelo poema e Mary pela escolha da convidada!

Milene disse...

naturalmente fluido!
great! =)

bjo!

J.F. de Souza disse...

Dri! Linda! Vislumbro as imagens de tal forma...
Isso só podia ter vindo de ti, mulher! =D

=*
----------------------------------

Por isso a Dri não respondeu meu email... Tá explicado!
Bom... Assim, só falta eu chamar a Nana numa outra semana! =)

Valeu, Ma, por ter trazido essa moça pra cá esta Semana! =)

=*

Múcio L Góes disse...

é... Poeta, Escritora, essa menina faz das palavras trapezio, e a cda salto nos eleva juntos.

sou fã!

=]

bjo pras duas!