terça-feira, março 31, 2009

saudade de mim

Silêncio no peito
nenhum ruído
bate
Pela mente
a palavra de(s)ordem:
CALE.

3 comentários:

edineysantana.zip.net disse...

eu estou também com saudade de mim...perdido de mim

Aline disse...

e o poeta escondido em palavras
cala-se em letras.


lindo, Sandra!

J.F. de Souza disse...

e onde você foi, que não volta pra calar essa saudade?

=*