domingo, agosto 27, 2006

RUA AUGUSTA

Ah vida ávida
de tantos pormenores.
Maiores do que se adivinha,
menores do que se colore.
Vejo prantos de quem se alinha
e algumas linhas de amores pobres.
Mas prefiro os versos de quem caminha
descendo ruas outrora nobres,
reescrevendo novelas minhas.

^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^

música que recomendo: "Me, Myself and I" na voz de Billie Holiday

17 comentários:

Marcellinha disse...

Hoje veio cedo, e de inspiração paulistana! Lindo, como sempre! Mas volta, que prefiro-te carioca...
Bjs bjs

Múcio Góes disse...

Augusta rua de anjos tantos e sonhos tortos. Belíssimo poema de domingo, e vestido a caráter!

Do bom Jardim.

[]´s

Anônimo disse...

Mais um final de semana cheio de poesia e essas outras coisinhas boas da vida.
Uma ode a Sampa, minha terra da garoa. Esperamos você outras vezes: Mrs. Holliday, Chet Baker, o vinho, a salsa, os museus, os poetas, os parques, eu e as cervejas nos botecos de esquina.
Quanto à Augusta, ela fica sempre no mesmo lugar...

Sementinhas!!! ;-)
Carol M.

vanessa disse...

E continue descendo e subindo essas ruas, que tanto lhe trazem inspiração e não só reescreva novelas suas, como crie novelas novas! Beijos de quem também caminha!

moacircaetano disse...

Adoro São Paulo e suas Ruas Augustas!

Bill disse...

E no zig zag dessas ruas da vida, dos amores que por ela passa...
Deixa um perfume no ar e um certo ar de pirraça...


Adorei as palavras, esta poeticamente doce, me deu saudades de sampa ^^

[s]s

Jefferson de Souza disse...

CARACA!!! EXCELENTE!!!
Moro em Sampa faz 1 ano e ñ conheço a Rua Augusta o suficiente p/ escrever algo assim...
1[]!

Fábio Aristimunho disse...

Muito bom. Sempre quis escrever sobre a Augusta, mas nunca achei a medida. "Descendo ruas outrora nobres", excelente!

Abraços paulistas

Maia disse...

São Paulo tem mesmo uma poesia urbana que exala de onde quer que se olhe. E pra onde quer que se vá. Muito bonito mesmo. Até.

Aline disse...

Ah, essa doce vida menor...

Um beijo.

Jefferson de Souza disse...

Não entendi, ô do Jardim...

Mendoscopia disse...

Adorei!

Nanna disse...

Quero versar por lá...

Beijinhos...
:)

Mary disse...

Esses passeios que nos trazem inspiração...

Belo, Jardim!
Adorei. :)

Bjus!

Rayanne disse...

Remodelando histórias Augustas?
Passeia, o poeta.

**Estrelas**

Mendoscopia disse...

Cabe a nós encontrar os pincéis, q a aquarela está posta, não é?

Bjo
Marcia

Marcelo Mayer disse...

essa tia nos dá muito trabalho, não? mas eu a amo!